© 2019 Designer por Julio Vallim

  

logo_low_res.png

APOIO :

Entrevista - Cristiano Wortmann

March 7, 2017

Cristiano Wortmann integrou a primeira formação do Hangar e retornou à banda após 14 anos afastado. Nesse período, criou a Zerodoze, da qual é guitarrista e vocalista. A Zerodoze ganhou expressão, abrindo shows de diversos artistas internacionais e recebendo elogios de ninguém menos do que Lemmy Kilmister, do Motörhead.

Quando o Hangar foi fundado em 1997, a formação trazia nas guitarras Cristiano Wortmann. Em 1999 ele deixou o Hangar, Após 14 anos, em 2013, o Hangar recrutou Cristiano novamente.

 

  1. Olá, Cristiano, o que te levou a tocar guitarra? Oi Júlio, é um grande prazer falar contigo, basicamente me viciar em AC/DC e KiSS quando eu era criança. Eu ficava olhando o Ace e o Angus e queria aprender a tocar como eles.

2.Recentemente, fostes escolhido o segundo melhor guitarrista de heavy metal do Brasil, no ano de 2016, pela Roadie Crew, a que consideras este sucesso pessoal e o da banda Hangar? Esse é o resultado de 20 anos de trabalho do Hangar e fiquei muito feliz. Eu toco guitarra há mais de 20 anos e receber esse reconhecimento da mais importante revista de metal do Brasil é muito bom. Você sente que as pessoas gostam da tua música e isso não tem preço.

 

3.Quais suas maiores influências e como organizas teu estudo? As minhas influências são : Ace Frehley, Angus e Malcolm Young, Tonny Iommi, Jimmy Page, Jimi Hendrix, Eddie Van Halen, Criss Oliva, Paul Gilbert, Pepeu Gomes, Nuno Bettencourt, Dimebag Darrel, Zakk Wylde, Slash, Marty Friedman, Richie Kotzen, Yngwie Malmsteen, Steve Vai , Joe Satriani, John Petrucci e vários outros.

Eu não tenho um plano de estudo. Eu toco praticamente todos os dias e tento variar o que eu estudo. No início eu tocava várias horas por dia e estudava também a parte teórica bastante. Depende do que eu vou fazer. Se tenho ensaio, show ou gravação, a “malhação” aumenta, porém, as vezes quando estou de férias eu fico um tempo sem tocar e isso é muito importante também.

 

 

4. Como é tua visão sobre o atual metal no Brasil? o apoio e a visibilidade está aumentando  e ganhando espaço na mídia, qual o papel da Internet nisso? Sempre foi muito difícil tocar e viver do metal no Brasil. A grande mídia não dá a devida importância que o metal merece e nem mesmo o público brasileiro valoriza as bandas daqui como deveria, mas mesmo assim se você trabalhar duro, vai conseguir conquistar o seu espaço. Muitas bandas novas estão surgindo e a internet é uma ferramenta que ajuda muito na divulgação. Hoje em dia, é muito mais fácil gravar e ter acesso a equipamentos de primeira qualidade. Quando eu comecei, era muito difícil ter um equipamento bom ou conseguir gravar. Era complicado conseguir uma  videoaula para estudar e hoje em dia está tudo no youtube.

 

5.Qual o set  que tens utilizado e quais empresas têm apoiado teu trabalho? Eu toco com as minhas guitarras Jackson modelo Dinky e RR, amplificador Fender Mustang V e pedais Power Stomp.  Eu tenho patrocínio das guitarras Jackson, amplificadores Fender, Cordas D’Addario, Cabos Planet Waves, Harman, Fontes Power Play, Pedais Power Stomp, Contra Grife e Lady Snake.

 

6.O que consideras importante para que um guitarrista alcance um bom desempenho no instrumento? O guitarrista precisa estudar muito o seu instrumento para poder conciliar a técnica, o feeling, a criatividade e a  pegada. Ao meu ver o que mais importa é você conseguir criar um estilo próprio e não só ficar copiando as frases dos teus guitarristas preferidos.

 

7.Qual show de 2016 ficou na sua mente como memorável: por quê?

Foi o show do Hangar em Brusque/SC  porque gravamos o nosso primeiro DVD elétrico. Foi uma noite muito especial que jamais vou esquecer.

 

8.A banda Hangar tem a cada dia alcançado mais público e visibilidade no país e lá fora. A que se deve isso? qual a próxima meta da banda? O Hangar sempre trabalhou muito duro e sempre procurou oferecer o melhor para os nossos fãs. No começo a gente ensaiava 8 horas por dia, 3 ou quatro vezes por semana, mesmo sem shows. Nós acabamos de lançar o cd “ Stronger Than Ever” (que foi lançado no Japão e Europa) e o DVD “ Live in Brusque, SC/Brazil” e estamos negociando alguns shows fora do Brasil.

 

9.O que pode nos dizer sobre o recente DVD? A gente fez um apanhado completo dos nossos 20 anos de carreira e realmente foi uma noite muito inspirada, pois fizemos um dos melhores shows das nossas vidas. A captação das imagens ficou a cargo da produtora Foggy Films, que disponibilizou 16 câmeras full HD para que nenhum detalhe fosse perdido.

O DVD foi mixado por Adair Daufembach em seu estúdio em Los Angeles e masterizado por Svante Forsback na Finlândia.

Para quem quiser comprar é só entrar no www.diehard.com.br ou www.freenote.com.br

 

10. Quais seus conselhos para quem está iniciando no caminho da guitarra? Estude muito, tenha paciência, toque com outras pessoas e não somente dentro do seu quarto, não escute quando as pessoas te falarem que a guitarra não vai te levar a lugar nenhum e principalmente ame muito tocar.

 

Contatos na Web:

 

Site Oficial – http://www.hangar.mus.br/

Facebook – https://www.facebook.com/officialhangar

Twitter – https://twitter.com/_hangar

Youtube – https://www.youtube.com/user/hangarofficial

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

Aluno do Mês - Geovane Barbosa

December 31, 2017

1/10
Please reload

Posts Recentes