© 2019 Designer por Julio Vallim

  

logo_low_res.png

APOIO :

OS DIFERENTES TIPOS DE MADEIRAS E SUAS FUNCIONALIDADES

September 3, 2017

            Muitos instrumentistas ficam em dúvida na hora de comprar um instrumento, alguns escolhem apenas pela marca, captação, cor, modelo, etc. Um dado muito importante e que influencia de forma total a tocabilidade de uma guitarra está em sua estrutura de formatação, isto é, a madeira que a compõe, tanto na estrutura do corpo como de forma fundamental na escala do braço. A seguir, vamos tentar elucidar alguns fatores quanto a essa peça tão essencial.

 

            Existem diferentes tipos de madeira, elas afetam uma guitarra em relação ao timbre, sustain e quanto à tocabilidade, alguma são fáceis de se encontrar no mercado, outras nem tanto, aí está uma das questões de o porquê há uma diferença quase bizarra no quesito "valor" de um instrumento no mercado.   O peso de uma guitarra está ligado diretamente a madeira utilizada em sua fabricação, o que não quer dizer que apenas por ser leve uma guitarra tem madeira boa.

 

CORPO DA GUITARRA

 

 

ASH - É uma madeira dura, atribui ao instrumento um som estridente, é pesada. Possui um agudo muito bom, alguns acham que dá um timbre "blues" à guitarra. Utilizada nas Telecaster e Stratos de fabricação inicial, a Fender usa em seus melhores modelos.

 

 

 

 

ALDER - É uma madeira de som equilibrado, mais cara que o Ash, utilizada nas Fender Strato atuais, possui uma grande densidade, mais leve em termos de peso. Ideal para corpo de modelo Strato. No Brasil, temos o Marupá, madeira bem semelhante, utilizada em algumas  guitarras Tagima.

 

 

 

 

 

MOGNO - O mogno apresenta uma frequência ótima no quesito tons baixos e médios, é utilizada nas guitarras PRS E Gibson, é pesada, porém macia, digamos que deixa o instrumento com um som muito equilibrado. é uma madeira extremamente cara, devido a isso as guitarras construídas com ela apresentam sempre um preço elevado em relação a outras.

 

 

 

 

 

CEDRO - É muito utilizado no Brasil, vários luthiers estruturam suas guitarras com essa madeira, é muito boa e colabora para um bom timbre no instrumento.

 

 

 

 

 

BASSWOOD -  É muito utilizada por vários fabricantes de guitarra, pois seu valor é mais barato, mas isso não retira em nada seu valor, é uma madeira de ótima qualidade para a construção de guitarras. A Ibanez a utiliza em muitos modelos. Atribui um peso agradável ao instrumento.

 

 

 

 

 

 

 

ESCALA

 

 

            MAPLE -  Algumas guitarras são constituídas de maple também no corpo, mas isso a torna extremamente pesada, não possibilitando perfazer o corpo inteiro, então,  alguns instrumentos são elaborados com maple  como uma espécie de cobertura dos instrumentos de  mogno, tornando o som com frequências mais altas de boa qualidade, exemplo de algumas PRS e Gibson Standart. É  uma madeira muito densa e dura, sendo assim, suporta muito bem a tensão das cordas, aí o uso ideal para escala do braço. Possui uma cor clara.

 

 

 

 

 

 

TAUARI BRANCO -  Utilizada na construção de braços, é clara, e leve, semelhante ao maple, muito usada no Brasil.

 

 

 

 

 

 

 

Rosewood e Jacarandá(Brazilian Rosewood, como é chamada lá fora) - Madeira de cor marrom, escura, apresenta um tom avermelhado, às vezes quase preto. É muito porosa, rica em relação à sonoridade grave e boa "esticada" nas frequências altas, contendo um médio bem encorpado. Alguns confundem com o Jacarandá, que é chamado de Brazilian Rosewood, muito superior ao Rosewood lá de fora. Utilizado em muitos instrumentos.

 

 

 

 

 

ÉBANO - Madeira de muitas guitarras de primeira linha na escala, material muito caro, cor escura e brilhosa, soa bem em frequências, altas, baixas e médias, não é uma madeira abundante, daí o custo elevado das guitarras que utilizam essa madeira na escala.

 

 

 

 

Bem, essas são as principais madeiras utilizadas e que dão grande qualidade a um instrumento. Ainda existem outros tipos de madeira, como o Pau-marfim( brasileira, similar ao maple), Pau Ferro(não acho de muita qualidade para a finalidade), Luthite( madeira muito ruim para guitarras, uma espécie de MDF aglomerada, não soa com qualidade). Utilizada em algumas Ibanez de segunda linha, a fim de deixar um custo mais baixo em certos modelos.

 

Bem, pessoal, espero que tenham gostado. é bom estudarmos tudo o que é relacionado à construção de um instrumento,  assim podemos escolher melhor aquele que nos proporcionará uma melhor qualidade para os  fins desejados por cada músico.

 

Abraços!

Júlio Vallim. 

 

 

 

*Imagens retiradas da Internet.

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

Aluno do Mês - Geovane Barbosa

December 31, 2017

1/10
Please reload

Posts Recentes